MESMO DIANTE DA PANDEMIA A EQUIPE DO MDF E SUAS LIDERANÇAS ESTÃO NA LUTA.


Já são mais de 60 dias de quarentena na cidade de São Paulo, famílias perderam entes queridos pais, mães, avós, avôs, tios, tias, primos e primas, amigos de infância e colegas, além das trágicas perdas de vida, muitas famílias também perderam renda, emprego, sonhos pausados, mas a luta do MDF continua. 


Solidários as famílias nossa equipe permanece alerta, tomando todos os cuidados necessários nossa rede de solidariedade tem chegado à um número expressivo de mais de 45 toneladas de alimentos nas favelas das regiões de Vila Prudente, Sapopemba, São Mateus e Iguatemi.


"São muitas as redes de apoio que surgem em momentos como esse, defendemos a autonomia das famílias, nossa luta é e sempre será por políticas públicas emancipadoras e que afaste qualquer forma de clientelismo e de dependência, em um momento como esse nos vemos na necessidade de fazer chegar o mínimo necessária para a existência que é comida" - Sueli F. Almeida Coordenadora do MDF


Recebemos doações de redes de solidariedade como a organizada pela UMM - União dos Movimentos de Moradia de São Paulo, rede SESC e do  programa Ajuda Alimentando, das ações da RECIFAVELA e de pessoas que se solidarizam com as famílias através do Padre Patrick Clarke, as famílias de nossa Creche Julio Cesar de Aguiar e do CCVP - Centro Cultural Vila Prudente também estão sendo apoiadas.


Enquanto permanece a pandemia vamos nos apoiando mutuamente, certos de que vamos vencer e em breve estaremos nas reuniões e organizando a luta por urbanização, regularização fundiária, por direito à cidade entre becos e vielas das favelas da cidade.

0 visualização

MDF - Movimento de Defesa do Favelado

mdfsp@uol.com.br

11 2917-2744